Blog

O empreendedorismo está ganhando força no Brasil em diversos nichos econômicos. Na tecnologia atual existem vários aplicativos que podem nos auxiliar nas tarefas diárias, você já conhece os aplicativos que podem te ajudar a empreender?

Conheça os aplicativos que podem ajudar a empreender

aplicativos para empreenderO empreendedorismo está ganhando força no Brasil em diversos nichos econômicos. Na tecnologia atual existem vários aplicativos que podem nos auxiliar nas tarefas diárias. Podemos destacar que esses softwares contribuem no uso de viagens, em ir aos cinemas, bancos particulares, redes sociais, fotografias e entre outros. Essa ciência mostra o quanto estamos mais próximos de solucionar um problema ou na vontade de querer aprender algo através de um clique.

Hoje os smartphones estão aí para trazer interatividade entre os utentes. Tudo o que você sempre quis fazer com mais praticidade e agilidade está na palma da sua mão. Pagar contas, consultar saldos e extratos, dialogar com amigos em alguma rede coletiva etc. Sabemos que isso já é realidade e é praxe na vida de todos no mundo atual. Mas o que tem ganhado mercado e não tem deixado as pessoas numa monotonia de usar os mesmos aplicativos todos os dias sãos os sistemas voltados para o empreendedorismo.

Esses utilitários estão sendo desenvolvidos para facilitar a vida daqueles que querem buscar novas ideias, alcançar clientes, ampliar vendas usando os smartphones, tablets etc. O empreendedorismo está ganhando força no Brasil em diversos nichos econômicos. Mas o que tem conquistado o público de maneira geral são os aplicativos. Vale ressaltar que o Instagram nasceu com a ajuda do brasileiro e também mineiro Mike Krieger, e do sócio norte-americano Kevin Systrom. Eles criaram em 2010 o Instagram, rede social de compartilhamento de fotos, que em seguida foi vendida ao Facebook de Mark Zuckerberg pelas cifras de U$$ 1 bilhão. Hoje o aplicativo além de deixar as suas fotos mais bonitas com filtros, tornou-se uma rede social com bastante interatividade e possui cerca de 300 milhões de usuários pelo mundo, é a quinta maior rede social do planeta. Ao todo, mais de 70 milhões de fotos são publicadas todos os dias no Instagram. Se olharmos como tudo começou, esses jovens procuraram entender as necessidades das pessoas e não só com a parte técnica. Eles observaram que as pessoas tiravam muitas fotos nos celulares, porém as fotos nem sempre ficavam boas e sempre do mesmo jeito. Eis então que veio a ideia de criar um aplicativo que utilize filtros nas fotos. Fazendo assim as pessoas compartilharem e terem as fotos divulgadas pelo mundo. Isso chama-se visão, foi o que Krieger teve ao lado do amigo e sócio Systrom.

Em tempos de recessão e com taxa de desemprego em alta, há quem aposte no empreendedorismo e aposta no próprio negócio. De acordo com o Sebrae, 24% das pequenas e médias empresas não sobrevivem nos dois primeiro anos. Outro ponto que deve ser abordado é que investir no ramo da tecnologia, você precisa de experiência e formação. Não adianta ter uma ideia superinteressante de um aplicativo se você não está capacitado tecnicamente para aquilo. Então caso queira investir nesta área, estude, busque se atualizar de maneira que possa colocar em prática aquilo que tem em mente.

Um fator importante que vale ressaltar é que montar uma equipe que vá gerenciar a execução é um ponto forte para dar sequência ao trabalho. Caso não possua alguém que seja do ramo tecnológico o melhor a se fazer é procurar eventos de comunidade, que irão falar de tecnologia, finanças, vendas, design, marketing e comunicação.

Outro passo a dar é testar o que foi produzido, certificar que o software irá atualizar e jamais plagiar um produto. Mantenha o cliente bem informado para até mesmo ele avaliar bem o aplicativo em que está usando e indicar para os amigos.

Leonardo Melo

Leonardo Melo

Jornalista, esportista, consumista de livros e de qualquer tipo de informação, sou fissurado no Cruzeiro Esporte Clube (100% arquibancada), fã de games e animes antigos. Amo o Rock e ele não está morto. Fiel e temente a Deus. Sou o assessor de imprensa da agência NAMP, amo a comunicação e escrever para mim é paixão, é arte